VIVER FAMÍLIA

Deus é o grande idealizador e criador da marca chamada família. A marca é registrada no cartório de Deus, pois somente a Ele é atribuída à autoria do projeto arquitetônico deste grande edifício chamado família.
Após celebrar o primeiro matrimônio a Trindade Santa, estabeleceu condições orientadas por normas e regras que condicionava os membros daquele lar a um viver família numa eternidade sem fim.
O viver família é você desfrutar e compartilhar de tudo que Deus coloca a disposição da mesma, você é livre para viver com liberdade. A primeira coisa que Deus colocou a disposição da família foi benção; E Deus os abençoou… (Gn 1.28).
Viver família é você desfrutar a benção de Deus em sua totalidade. Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei em sua casa e com ele cearei e ele comigo (Ap 3.20).
Viver família é abrir a porta e dar liberdade para Jesus entrar; é crescer juntos, é multiplicar e encher a terra.
Viver família é você compartilhar com os membros desta família todos os aspectos da vida. O nosso tempo, nossas atividades, interesses, preocupações, ideais, pensamentos íntimos, espiritualidade, objetivos e alvos familiares deve se tornar comum na família havendo participação e mutualidade de todos.
Em viver família existe um forte sentimento de compromisso entre os seus membros. Os cônjuges sentem-se compromissados pelo bem estar e crescimento um do outro. Os pais sentem-se compromissados com o crescimento integral dos filhos e assim por diante.
Existe uma grande diferença em “viver família” e “viver em família”. Viver família é compartilhar, ter tudo em comum, é acima de tudo o exercício da empatia.
Viver em família é estar juntos, ter tudo sem compartilhar, sem mutualidade. É o exercício do individualismo e do egoísmo. É grande a quantidade de casais que construíram grandes famílias e tiveram muitos filhos, viviam na mesma casa dividia a mesma mesa e o mesmo quarto, porém nunca conseguiram viver família. São lares onde predomina o individualismo e reina o egocentrismo, tudo em função do ter e do ser.
A família do filho pródigo ilustra muito bem o “viver em família”. O filho mais jovem disse: eu quero toda a parte da herança que é minha, só para mim, independente das consequências; Eu quero desfrutar longe dos meus pais e meus irmãos. Este filho era egoísta, individualista e desconhecia os valores e o potencial que estava agregado no seio da sua família. Viver em família é não conhecer os valores e o potencial que estão agregados àquela família. O irmão mais velho tinha tudo ao seu dispor, tudo que o pai tinha era dele, porém a falta de compromisso à valorização e prática da empatia tirava daquele jovem a visão da riqueza de se viver família. Disse: Nunca me deste um cabrito para alegrar-me com os meus amigos. O pai lhe disse: Filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas. Compartilhar é dar de si mesmo, ouvir seu parceiro e desenvolver uma sensibilidade especial um pelo outro. Viver família é acima de tudo amar, respeitar e reconhecer o limite de cada um no seu espaço.
Deus te abençoe e te guarde.

Pr. Elumar Pereira  (Diretor do Departamento da Família da IEADEM)

Voltar Para Página Anterior

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ – IEADEM

Av. Dix-Neuf Rosado, 155, Centro – Mossoró-RN
CEP 59.610-280 | Fone: (84) 3321-5721
E-mail: contato@admossoro.com.br


© 2018 - Assembleia de Deus em Mossoró. Todos os Direitos Reservados